Instituições Promotoras, Parceiras e Executoras do Programa Centelha 2 participam de Workshop no Rio de Janeiro

Nos dias 27 e 28 de novembro de 2023, acontece o 2º Workshop do Programa Centelha 2, que contará com a presença das instituições promotoras, parceiras e executoras da iniciativa. De forma alinhada ao objetivo da primeira edição do evento, neste novo workshop serão retomadas as discussões em torno dos resultados alcançados até o momento, bem como a análise dos pontos positivos e possíveis pontos de melhoria dentro do contexto do Programa.

Criado em 2018, o Programa Centelha visa estimular a criação de empreendimentos inovadores e disseminar a cultura empreendedora no Brasil. Aos projetos selecionados, o Programa oferece capacitações, recursos financeiros e outros tipos de suporte, a fim de impulsionar a transformação de ideias em negócios de sucesso. A iniciativa é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (CONFAP) e a Fundação CERTI. A operacionalização do Programa acontece de forma descentralizada, de maneira que cada estado participante possui uma Equipe Executora, geralmente representada pela respectiva Fundação de Amparo à Pesquisa.

Nesta segunda edição do Centelha, estão participando todas as unidades federativas do Brasil, com exceção do Acre. Até o momento, já são mais de 33 mil empreendedores cadastrados, 11 mil ideias inovadoras submetidas, e mais de 800 empresas contratadas. A previsão é que mais de 1 mil startups sejam contempladas só nesta segunda edição, o que representaria um total de mais de 1.500 startups apoiadas pelo Programa Centelha em todo país, considerando também sua primeira edição.

É com base na ampla relevância do Programa que surge a necessidade de serem realizadas contínuas discussões para seu aperfeiçoamento. Nesse sentido, na programação do 2º Workshop, está prevista a realização de oficinas para discutir a Matriz SWOT do Centelha 2, além da apresentação de resultados parciais, orientações jurídicas, entre outras atividades. No evento – que será realizado na Sede da Finep, no Rio de Janeiro –, estarão presentes todas as Equipes Executoras Estaduais, o MCTI, a Finep, o CNPq e a Fundação CERTI.

 

 

Programa Centelha 2 abre inscrições no Rio de Janeiro

Interessados poderão inscrever suas ideias até o dia 01 de setembro de 2023; projetos selecionados receberão até R$ 70 mil em subvenção econômica e R$ 26 mil em bolsas de apoio técnico

Marcelo Camargo – Superintendente da Área de Pesquisa Aplicada e Desenvolvimento (APDT) da Finep em evento de lançamento do Programa Centelha Rio de Janeiro. Foto: Divulgação.

Estimular e fomentar a cultura empreendedora no Brasil, além de incentivar a inovação, é um dos principais objetivos do Programa Centelha que, pela primeira vez, abre inscrições no estado do Rio de Janeiro. A iniciativa oferecerá recursos financeiros, capacitações, suporte e outros benefícios para até 50 selecionados, que receberão até R$ 70 mil em subvenção econômica e R$ 26 mil em bolsas de apoio técnico. As inscrições, abertas no dia 12 de julho, poderão ser feitas o dia 01 de setembro de 2023, às 18h.

Promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e a Fundação CERTI, o Programa Centelha no Rio de Janeiro é executado pela Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ), vinculada à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti RJ).

O evento de lançamento ocorreu no dia 05 de julho, no Inovateca, espaço localizado no Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Na cerimônia, estiveram presentes representantes do MCTI, Finep, FAPERJ, UFRJ, entre outras instituições, além de empreendedores e empresários.

Registro com os representantes das instituições no evento de lançamento do edital do Programa Centelha Rio de Janeiro. Foto: Divulgação.

“O Programa Centelha é, hoje, um dos principais programas de apoio ao empreendedorismo inovador não só do Brasil, mas do planeta, pelos números e impactos que ele vem gerando nos últimos anos. Ele surgiu como uma estratégia para trabalhar com as pequenas empresas e com o jovem inovador que têm o ímpeto e o desejo de trazer soluções para a sociedade, mas que ainda não tem estrutura. Durante esse processo, é oferecido todo um suporte para que os projetos possam permanecer de pé após o programa, possibilitando a participação em outras iniciativas de apoio ao empreendedorismo inovador”, comentou na oportunidade Guilherme Caleiros, Secretário de Estado de Desenvolvimento Tecnológico e de Inovação do MCTI.

Em sua primeira edição, o Programa Centelha contou com mais de 15 mil ideias submetidas nacionalmente, em mais de mil municípios, e cerca de 500 startups contempladas. Para mais informações sobre o edital, o cronograma e todas as informações para submissão no Estado do Rio de Janeiro, acesse: http://programacentelha.com.br/RJ/.

INFORMAÇÕES À IMPRENSA

OLIVER PRESS / (11) 3034-0743 / 3031-1793

Programa Centelha 2 abre inscrições no Tocantins

Interessados poderão inscrever suas ideias até o dia 23 de janeiro de 2023; projetos selecionados receberão mais de R$ 53 mil em subvenção econômica e R$ 26 mil em bolsas de apoio técnico

Estimular e fomentar a cultura empreendedora no Brasil, além de incentivar a inovação, é um dos principais objetivos do Programa Centelha 2, que acaba de abrir inscrições no Tocantins. A iniciativa oferecerá recursos financeiros, capacitações, suporte e outros benefícios para até 25 selecionados, que receberão mais de R$ 53 mil em subvenção econômica e R$ 26 mil em bolsas de apoio técnico. As inscrições seguirão abertas até às 18h do dia 23 de janeiro de 2023.

Promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e a Fundação CERTI, o Programa Centelha 2 é executado, no Tocantins, pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Tocantins (FAPT).

Na cerimônia de lançamento do edital, Márcio Silveira, presidente da FAPT, falou sobre o fomento ao empreendedorismo e à inovação no Estado: “Estamos fomentando a criação de empreendimentos inovadores no Tocantins. Queremos implantar a cultura do empreendedorismo inovador em todo o Estado, incentivando a mobilização e a articulação institucional dos atores nos ecossistemas locais, estaduais e regionais de inovação.”.

Márcio Silveira, presidente da FAPT, no lançamento do Programa Centelha 2 Tocantins.

Em sua primeira edição, o Programa Centelha contou com mais de 15 mil ideias submetidas nacionalmente, em mais de mil municípios, e cerca de 500 startups contempladas. Em Roraima, o Programa ocorre pela primeira vez. Para mais informações sobre o edital, o cronograma e todas as informações para submissão no Estado, acesse http://programacentelha.com.br/to/ .

 

INFORMAÇÕES À IMPRENSA

OLIVER PRESS / (11) 3034-0743 / 3031-1793

Juliana Oliveira – (11) 98398-5305 – juliana@oliverpress.com.br

Patricia Hidaka – (11) 988110052 – patricia@oliverpress.com.br

Raquel Cruz – (11) 99883-0091 – raquel@oliverpress.com.br

Elaine Tessarolo – (11) 99996-7938 – elaine@oliverpress.com.br

Programa Centelha 2 abre inscrições em Roraima

Interessados poderão inscrever suas ideias até o dia 09 de janeiro de 2023; projetos selecionados receberão mais de R$ 53 mil em subvenção econômica e R$ 26 mil em bolsas de apoio técnico

Estimular e fomentar a cultura empreendedora no Brasil, além de incentivar a inovação, é um dos principais objetivos do Programa Centelha 2, que acaba de abrir inscrições em Roraima. A iniciativa oferecerá recursos financeiros, capacitações, suporte e outros benefícios para até 15 selecionados, que receberão mais de R$ 53 mil em subvenção econômica e R$ 26 mil em bolsas de apoio técnico. As inscrições seguirão abertas até às 18h do dia 09 de janeiro de 2023.

Promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e a Fundação CERTI, o Programa Centelha 2 em Roraima é executado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Roraima (FAPERR), vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação (SEADI).

Na cerimônia de lançamento do edital estadual, Marcelo Camargo, superintendente da Área de Pesquisa Aplicada e Desenvolvimento (APDT) da Finep, demonstrou satisfação com a participação de Roraima no Programa Centelha. “Estou muito feliz de ver a sala cheia, demonstrando o interesse que Roraima tem com essa iniciativa e a parceria com a Finep […] Sempre digo que quando a gente quer chegar rápido, deve ir sozinho, mas quando a gente quer chegar longe, a gente deve ir acompanhado. E a parceria na inovação é fundamental.”

Marcelo Camargo na cerimônia de lançamento do Programa Centelha 2 Roraima

Em sua primeira edição, o Programa Centelha contou com mais de 15 mil ideias submetidas nacionalmente, em mais de mil municípios, e cerca de 500 startups contempladas. Em Roraima, o Programa ocorre pela primeira vez. Para mais informações sobre o edital, o cronograma e todas as informações para submissão no Estado, acesse http://programacentelha.com.br/rr/ .

 

Via Oliver Press

Programa Centelha 2 promove Workshop Presencial no Rio de Janeiro

Nos últimos dias 25 e 26 de outubro, aconteceu o workshop presencial do Programa Centelha 2, na sede da Finep no Rio de Janeiro. Estiveram presentes as instituições promotoras, executoras e parceiras do Programa. De acordo com Marcelo Camargo, superintendente da Área de Pesquisa Aplicada e Desenvolvimento (APDT) da Finep, “o workshop é sempre realizado com o intuito de apresentar os resultados obtidos até o momento, avaliar os principais pontos que podem ser melhorados ou reforçados, propor alterações, bem como fornecer esclarecimentos e capacitações sobre temas jurídicos, de prestações de contas e acompanhamento.”.

Encerramento do primeiro dia de evento.

O Programa Centelha visa estimular a criação de empreendimentos inovadores e disseminar a cultura empreendedora no Brasil. A iniciativa é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), a Fundação CERTI e outras instituições. Em sua segunda edição, o Programa vem sendo articulado em 26 unidades federativas do país, não estando presente apenas no Estado do Acre.

No evento, a partir da realização de diferente dinâmicas envolvendo as instituições presentes, foi possível a construção de uma Matriz SWOT referente à segunda edição do Centelha. Em inglês, “SWOT” é uma abreviação das palavras “strengths”, “weaknesses”, “opportunities” e “threats” que, traduzidas para o português, significam respectivamente “forças”, “fraquezas”, “oportunidades” e “ameaças”. A análise possibilitou compreender pontos de melhorias e pontos fortes dentro da execução do Programa Centelha 2, conforme objetivo do evento.

Início da dinâmica SWOT.

Em paralelo à análise SWOT, também foram realizadas apresentações em torno dos resultados alcançados até o momento no contexto da segunda edição do Programa, bem como conduzidas capacitações por parte das equipes CERTI, Finep e CNPq.

Capacitação conduzida pelo CNPq.

O evento contou com a presença de representantes do MCTI, Finep, CNPq e Fundação CERTI. Também estiveram presentes grande parte das instituições executoras do Programa em nível estadual, como Fundações de Amparo à Pesquisa de diferentes estados. No encerramento do segundo dia do evento, o atual presidente da Finep, general Waldemar Barroso, falou sobre a importância das parcerias para a evolução do Programa Centelha, destacando o potencial que a sociedade brasileira tem em transformar suas “centelhas” em produção de bens e serviços que possam impactar na melhora da qualidade de vida no país.

Participação do presidente da Finep, general Barroso.

 

Programa Centelha 2 abre inscrições no Piauí

Interessados poderão se inscrever até o dia 9 de junho; projetos selecionados receberão R$ 53.340 mil em subvenção econômica e R$ 26 mil em bolsas de apoio técnico

Estimular e fomentar a cultura empreendedora no Brasil, além de incentivar a inovação, é um dos principais objetivos do Programa Centelha 2, que acaba de abrir inscrições no Piauí. A iniciativa oferecerá recursos financeiros, capacitação e suporte para até 50 selecionados, que receberão R$ 53.340,00 em subvenção econômica e R$ 26 mil em bolsas de apoio técnico. As inscrições seguirão abertas até o dia 09 de junho de 2022.

Promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e a Fundação CERTI, no Piauí, o programa é executado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI). “O Programa Centelha nada mais é do que apostar em inovação para que o cidadão e as pessoas possam ter um país, uma cidade melhor”, comenta Antônio Torres da Paz, Diretor-geral da Agência de Tecnologia da Informação do Piauí (ATI).

Em sua primeira edição, o Programa Centelha contou com mais de 15 mil ideias submetidas nacionalmente e mais de mil municípios envolvidos. Somente no Estado do Piauí foram 821 empreendedores capacitados, 276 ideias submetidas e 20 startups apoiadas. Neste ano, o Programa Centelha 2 acontecerá em 25 Estados e no Distrito Federal.

Para mais informações sobre o edital, o cronograma e todas as informações para submissão, confira http://programacentelha.com.br/pi/.

Via Oliver Press

Programa Centelha 2 selecionará 50 projetos de empreendedorismo no Paraná

Iniciativa oferecerá até R$ 60 mil em subvenção econômica e R$ 26 mil em bolsas de apoio técnico

Fomentar o empreendedorismo inovador e estimular a criação de novos projetos é o principal objetivo do Programa Centelha 2, que acaba de abrir inscrições no Paraná. A iniciativa oferecerá recursos financeiros, capacitação e suporte para até 50 selecionados, que receberão até R$ 60 mil em subvenção econômica e R$ 26 mil em bolsas de apoio técnico. As inscrições seguirão abertas até o dia 27/05/2022.

O programa é promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e Fundação CERTI e, no Paraná, é executado pela Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Estado do Paraná (FAPPR).

Vitor Tioqueta, Diretor Superintendente do Sebrae do Paraná, ressalta a importância do programa e de suas parcerias. “Resultados importantes dos últimos anos que trazem grandes oportunidades de inovação no Paraná e o Programa Centelha 2 vem em um momento muito forte para disseminar a cultura empreendedora. No Paraná irá gerar cada vez mais oportunidades de negócios”, destaca.

Em sua primeira edição, o Programa Centelha contou com mais de 15 mil ideias submetidas nacionalmente e mais de mil municípios envolvidos. Somente no Estado do Paraná foram mais de 2.128 empreendedores capacitados, 801 ideias submetidas e 29 startups apoiadas. Neste ano, o Programa Centelha 2 acontecerá em 25 Estados e no Distrito Federal.

Para mais informações sobre o edital, o cronograma e todas as informações para submissão, confira: http://programacentelha.com.br/pr/

 

Via Oliver Press

Programa Centelha 2 abre inscrições no Rio Grande do Norte

Interessados têm até o dia 02 de maio para se inscrever;  iniciativa oferecerá recursos financeiros, capacitação e suporte para até 25 projetos selecionados

Com o principal objetivo de estimular o empreendedorismo no Brasil, além de incentivar a inovação, o Programa Centelha 2 acaba de abrir inscrições no Rio Grande do Norte. A iniciativa oferecerá recursos financeiros, capacitação e suporte para até 25 selecionados, que receberão até R$ 53 mil em subvenção econômica e R$ 26 mil em bolsas de apoio técnico. As inscrições seguirão abertas até às 18h do dia 02 de maio de 2022.

Promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e Fundação CERTI e, no Rio Grande do Norte,  o programa é executada pela Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Norte (SEBRAE).

Em sua primeira edição, o Programa Centelha contou com mais de 15 mil ideias submetidas nacionalmente e mais de mil municípios envolvidos. No Rio Grande do Norte foram 536 ideias submetidas, 1.440 empreendedores capacitados e 15 startups apoiadas. A segunda edição acontecerá em 25 Estados e no Distrito Federal.

Para mais informações sobre o edital, o cronograma e todas as informações para submissão, confira http://programacentelha.com.br/rn/.

 

Via Oliver Press

OPORTUNIDADE: Programa Centelha 2 selecionará 50 projetos de empreendedorismo na Bahia

Iniciativa oferecerá até R$ 60 mil em subvenção econômica e R$ 26 mil em bolsas de apoio técnico

Fomentar o empreendedorismo inovador e estimular a criação de novos projetos é o principal objetivo do Programa Centelha 2, que acaba de abrir inscrições no Estado da Bahia. A iniciativa oferecerá recursos financeiros, capacitação e suporte para até 50 selecionados, que receberão até R$ 60 mil em subvenção econômica e R$ 26 mil em bolsas de apoio técnico. As inscrições seguirão abertas até o dia 10 de maio de 2022.

Promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e a Fundação CERTI, na Bahia, o programa é executado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB).

De acordo com o diretor-geral da FAPESB,  Márcio Costa, o Centelha fortalece o ecossistema de inovação na Bahia. “Estamos com um edital bem mais robusto que o da primeira edição. A ideia é capacitar o dobro de empreendedores, consolidando a cultura do empreendedorismo inovador na nossa região”, afirma.

Em sua primeira edição, o Programa Centelha contou com mais de 15 mil ideias submetidas nacionalmente e mais de mil municípios envolvidos. Somente no Estado da Bahia foram mais de 2,4 mil empreendedores capacitados, 930 ideias submetidas e 27 startups apoiadas. Neste ano, o Programa Centelha 2 acontecerá em 25 Estados e no Distrito Federal.

Para mais informações sobre o edital, o cronograma e todas as informações para submissão, confira http://programacentelha.com.br/ba/.

 

Via Oliver Press

INOVAÇÃO: Programa Centelha 2 abre inscrições no Pará

Interessados poderão se inscrever até o dia 16 de maio; projetos selecionados receberão até R$ 60 mil em subvenção econômica e R$ 26 mil em bolsas de apoio técnico

Estimular e fomentar a cultura empreendedora no Brasil, além de incentivar a inovação, é um dos principais objetivos do Programa Centelha 2, que acaba de abrir inscrições no Pará. A iniciativa oferecerá recursos financeiros, capacitação e suporte para até 50 selecionados, que receberão até R$ 60 mil em subvenção econômica e R$ 26 mil em bolsas de apoio técnico. As inscrições seguirão abertas até o dia 16 de maio de 2022.

Promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e a Fundação CERTI, no Pará, o programa é executado pela Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (FAPESPA).  De acordo com a coordenadora da FAPESPA, Maria Trindade, o Programa Centelha chegou ao Pará em um momento muito oportuno. “É a hora certa para gerar mais renda, oportunidades e desenvolvimento ao estado do Pará”.

Em sua primeira edição, o Programa Centelha contou com mais de 15 mil ideias submetidas nacionalmente e mais de mil municípios envolvidos. Neste ano, o Programa Centelha 2 acontecerá em 25 Estados e no Distrito Federal.

Para mais informações sobre o edital, o cronograma e todas as informações para submissão, confira http://programacentelha.com.br/pa.

 

Via Oliver Press