Programa Centelha PI recebe 277 ideias!

Lançado em novembro de 2019, o Programa Centelha PI, executado pela FAPEPI, encerrou suas inscrições no dia 11 de maio de 2020. Ao todo foram 277 ideias submetidas com 816 participantes nas equipes, provenientes de 24 municípios.

O Programa Centelha é promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operado pela Fundação CERTI e executado no Piauí pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI).

Os municípios com o maior número de ideias submetidas foram: Teresina (158), Parnaíba (51), Picos (14) e Floriano (11).

As temáticas com o maior número de projetos inscritos foram: Tecnologia Social (31,8%), TI e Telecomunicações (14,4%), Química e Novos Materiais (9%), Automação (8,3%), Internet das Coisas – IoT (7,6%), Biotecnologia e Genética (6,5%), Design (4,7%), Big Data (4,3%) e Inteligência Artificial e Machine Learning (2,9%).

No que se refere ao setor de atuação das ideias submetidas, destacam-se propostas inovadoras nas seguintes áreas: Saúde e Bem-Estar (84), Social (64), Educação (46), Meio Ambiente e Bioeconomia (45), TI e Telecomunicações (45), Economia do Turismo, Gastronomia, Eventos e Lazer (39), Agronegócio (38), Comércio e Varejo (38) e Economia Criativa (35).

Confira essas e outras estatísticas no infográfico abaixo:

Fonte: FAPEPI

Programa Centelha PI é lançado em evento

Ontem (05/11), foi lançado o edital do Programa Centelha Piauí. O evento de lançamento aconteceu no Palácio Karnak, em Teresina. Estiveram presentes representantes de várias instituições, tais como Universidade Federal do Piauí, Universidade Estadual do Piauí, Instituto Federal do Piauí, Uninovafapi, Uninassau e Unifsa, além de várias autoridades, como a vice-governadora, Regina Sousa; o presidente da Fapepi, Antonio Amaral; o gerente da Finep, Marcelo Nicolas Camargo e a analista da Fundação CERTI, Ana Victoria Nunes.

Programa Centelha é promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operado pela Fundação CERTI e executado no Piauí pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (FAPEPI).

As inscrições do Programa Centelha no Piauí iniciaram em 05/11/2019 e encerram no dia 20/12/2019. Saiba mais sobre o programa e confira o edital em www.programacentelha.com.br/pi

FONTE: FAPEPI